HIPNOSE E INSÔNIA

A insônia se caracteriza por uma alteração na qualidade e no tempo de duração do sono. Há uma dificuldade para iniciar ou manter o sono, ou mesmo quando ocorre não sendo reparador. Esse distúrbio, deve perdurar por no mínimo um mês, em que o indivíduo tem suas atividades noturnas prejudicadas. 
Este distúrbio do sono está ligado freqüentemente a uma excitação fisiológica ou psicológica que precede a hora de dormir, como ter feito exercícios físicos ou preocupações excessivas. Também a ingestão de substâncias como café ou álcool prejudicam o desenrolar de um bom sono. A depressão e a ansiedade, assim como períodos de estresse também podem estar levando à noites mal dormidas e a insônia. O indivíduo não ter horários definidos para dormir e acordar também podem ser causa. 
A insônia traz sofrimento pela incapacidade de dormir, a pessoa luta para ter sono e se frustra cada vez mais, sentindo-se incapaz de dormir. Essa experiência leva o paciente a fazer associações negativas com o sono e o local, ou seja, o próprio quarto. Tanto que muitas vezes o sono será melhor quando realizado em outros locais, ou mesmo fazendo outra atividade, como ler ou assistir televisão, pois na maioria das vezes, brigar com o sono só faz aumentar a dificuldade. 
A insônia é um sintoma de algo, ou conseqüência de outros fatores. A terapia com a hipnose visa buscar a causa dessa dificuldade de dormir, para resolver o problema. O relaxamento também será bastante importante, principalmente quando as causas estão ligadas ao stress ou ansiedade. A hipnose tem como objetivo restabelecer o equilíbrio do paciente, para que volte a ter uma noite de sono tranqüila e reparadora.